Pular para o conteúdo principal
colocando a água no chimarrão

Conheça os benefícios do chimarrão

Água esquentando. Cuia bem lavada. Erva e bomba já posicionadas. Tudo pronto para o momento do dia mais querido pelos gaúchos e gaúchas: a hora do chimarrão.

Seja em casa, na aula, no parque ou até mesmo na praia, o consumo do chimarrão se expande para além da roda de casa, e é sempre bem-vindo na rotina dos gaúchos. Ele se faz tão presente que foi lhe dado até uma data para ser celebrado, sendo o dia 24 de abril o Dia Estadual do Chimarrão.

Associado com a identidade cultural da região Sul do país, o chimarrão, também carinhosamente chamado de “chimas”, pode ser reconhecido como patrimônio cultural, que une as pessoas em uma roda de troca de convívios e conversas.

Ele oferece uma pausa na correria diária, e entre as conversas se aprecia essa quente e amarga bebida. O chimarrão também tem atraído a atenção de turistas e curiosos, que visitam o Rio Grande do Sul e não deixam de experimentar a bebida.

jovem mulher sentada em um parque, tomando chimarrão e apreciando a paisagem

A erva-mate - ou simplesmente mate - é uma planta que cresce especialmente na região sul da América do Sul. Porém, diferentemente do modo de preparo da erva-mate, que pode ser consumida como chás e em receitas, no chimarrão ela possui um preparo específico, que traz diversos benefícios para a saúde!

 

Benefícios do chimarrão

Diminui a fadiga e estimula atividade física e movimento 

Entre os alcaloides dessa bebida está a cafeína. Sim, essa mesma que a gente encontra no café e em alguns chás. A cafeína funciona como um estimulante para o sistema nervoso central, atuando na regeneração das células cerebrais e musculares.

Ou seja, além de reduzir a fadiga é capaz de também diminuir o cansaço físico e mental. Isso traz mais energia para o corpo, principalmente na hora de encarar a rotina de exercícios físicos.

O chimarrão promove mais disposição, aumenta a força dos músculos e libera a sensação de bem-estar!

É por isso que ele é ótimo para ser apreciado momentos antes da prática de exercícios físicos, pois além de dar aquela estimulada (que parece sumir na hora de se exercitar), ainda aquece o corpo, ajudando em dias de frio. 

E para fazer exercícios em dias de frio, conheça algumas dicas que vão te deixar motivado

 

Digestivo

A erva-mate contém propriedades digestivas e, até mesmo, laxantes para o organismo. A cafeína, mais uma vez, tem grande função nesse processo, pois apresenta efeito termogênico e contribui acelerando o metabolismo. 

Assim a constipação, que é quando há mau funcionamento do intestino, é combatida e essa regulação do intestino pode influenciar até na melhora do seu humor. 

 

Efeito diurético

Por ser bebido quente (a uma temperatura de mais ou menos 60ºC), o chimarrão facilita o bom funcionamento dos rins, auxiliando na eliminação dos líquidos e aumentando o fluxo urinário, evitando inchaços indesejáveis. 

Porém, tenha cuidado com a temperatura da bebida, pois acima da temperatura de 60ºC aumenta o risco do desenvolvimento de câncer no esôfago. Por isso vá com calma, tchê, e não deixe a água ferver. Quando ela começar a chiar na chaleira é hora de desligá-la.

O chimas também combate a insuficiência renal, pois promove a eliminação de sódio e potássio excesso no organismo. 

 

Fonte de vitaminas, antioxidantes e sais minerais

Dentro dos componentes do chimarrão é possível encontrar uma variedade de vitaminas importantes para o nosso organismo como: A, B1, B2, C e E. Sais minerais também são riquíssimos dentro dessa bebida, como o cálcio, o fósforo, ferro e manganês, que ainda servem como forma de complementar a dieta alimentar. 

Além disso, ele apresenta compostos fenólicos que funcionam como antioxidantes, responsáveis por atrasar ou inibir o envelhecimento das células.
Sim, o chimarrão combate os radicais livres, auxiliando na prevenção e regeneração celular.

 

Diminui o colesterol ruim

O colesterol ruim (LDL) tem seus níveis elevados por conta do excesso de algumas substâncias dentro do nosso organismo, como a glicose, que quando encontrada em grandes níveis pode causar sérios problemas cardiovasculares. 

O chimarrão consegue reduzir o nível de glicose encontrada no fígado, combatendo assim o colesterol ruim e ainda diminuindo o recebimento de açúcar pelo nosso organismo.

O amargo tem o seu valor!

 

Bom para o coração

Erva-mate espalhada em uma bancada, formando um coração

Antioxidante poderoso mesmo é o chimarrão, que consegue diminuir o acúmulo de açúcares no coração, melhorando a circulação do órgão e prevenindo doenças cardíacas futuras.

 

Na hora do preparo

E os benefícios dessa bebida tradicional já começam na hora de seu preparo. Enquanto você espera a água chiar e ceva o mate, o circuito cerebral do prazer (mesocorticolímbico) é estimulado, produzindo maiores níveis de dopamina, o neurotransmissor do prazer.

Deu para notar como são diversos os benefícios dessa bebida para a saúde, sem falar no símbolo que ela remete. 

Se ainda tens alguma dúvida sobre a bebida, hoje elas vão ser solucionadas e tu vais poder apreciar um mate bem cevado sem nenhuma preocupação.

 

Dúvidas sobre o chimas

Existe uma quantidade máxima de consumo por dia?

Via de regra, por conta de suas propriedades diuréticas, o chimarrão não provoca mal, inclusive por ser eliminado naturalmente do organismo. Contudo, quem sofre com alguma condição de saúde que possa ser agravada, como a pressão alta ou gastrite, deve buscar orientação sobre quantidades seguras para ingestão.
Grávidas ou mamães que estão amamentando devem evitar o consumo.

 

O chimarrão emagrece?

Por si só o chimarrão não emagrece. Porém, dentro de seus benefícios está a eliminação da fadiga e cansaço, então já sabe. Bora tomar um mate e aproveitar o estímulo para fazer exercício físico!

 

Tomar chimarrão é o bastante para hidratar o corpo?

O chimas trabalha como eliminador dos líquidos, então não hidrata o corpo. Deve-se manter o hábito de beber água, principalmente para evitar a desidratação. Beber água é vital para o corpo, e quando você sentir sede, pode ser um sinal do primeiro estágio da desidratação.

Entenda como funciona a desidratação.

 

A erva-mate do chimarrão também pode ser consumida como chá. E fora isso, na água do próprio chimarrão podem ser adicionadas ervas, como: anis, verde, erva cidreira, hortelã entre outros. 
Essas plantas comumente são utilizadas como chás, e cada uma tem um benefício específico para a saúde. 

O chimarrão também pode ser feito com água gelada, o famoso Tererê, e geralmente é consumido na região centro-oeste do país. Ainda pode ser mesclado com açúcar, mel, bebidas alcoólicas ou até mesmo com leite! 

Apesar de os apreciadores da bebida tradicional não serem muito fãs dessas variações, o importante é que o hábito de consumir chimarrão pode ser adotado por diferentes gerações, e no final todo mundo se reúne na mesma roda, mesmo com mates diferentes circulando de mão em mão.

 

Nesse Dia do Gaúcho, ceva teu mate e aproveita que essa bebida de tradição é repleta de benefícios!