Pular para o conteúdo principal

Dicas de Carnaval: veja como aproveitar bem a folia

A imagem mostra uma composição de vários cocos e junto a frase: alimentação e hidratação? Nota 10! simbolizando uma das dicas de Carnaval sobre se manter hidratado.

O Carnaval está chegando e se você ainda não conhece o básico do manual para sobreviver a essa maratona, a gente vai te ajudar. Confira nossas dicas de Carnaval sobre o que comer, como se hidratar, como aproveitar em segurança e qual tipo de roupa é ideal para curtir os festejos.

 

Dicas de Carnaval para alimentação que não pesa na avenida

Curtir o Carnaval nos bloquinho de rua, escolas de samba ou baile significa ficar horas fora de casa e ter que se alimentar com o que tiver à disposição para garantir a energia. Há quem prefira preparar o seu sanduíche e levar na bolsa, mas a maioria ainda opta por comer na rua mesmo. Em ambos os casos é preciso estar atento à qualidade, procedência, preparo, armazenamento e tipos de alimento.

Deve-se evitar alimentos com molhos à base de maionese, peixes e leite, pois são ingredientes que podem estragar rapidamente se não forem armazenados e transportados de maneira adequada. Quem se alimenta na rua deve ter cuidado redobrado com esses ingredientes.

Quando estamos com fome o cérebro perde a sua fonte principal de energia, então começa a pedir por algo que entregue energia o mais rápido possível, e nisso os alimentos gordurosos e doces são os melhores. Porém, eles são densos, pesados e demoram muito mais para serem digeridos, causando sono e cansaço. Afinal, o corpo terá todo o trabalho de converter açúcar e gordura em energia. 

Legumes, saladas e alimentos mais leves são os alimentos ideais. Eles entregam energia de uma forma mais equilibrada e sem excesso na hora da digestão. Eles saciam com qualidade e são digeridos mais facilmente do que frituras ou uma feijoada, por exemplo.

 

Hidratação para aguentar o pique da folia

Em todo o país o Carnaval ocorre no período mais quente do ano, e esse calor todo demanda cuidados vitais com a hidratação. Não é apenas beber água que fica tudo bem, é preciso garantir uma proteção solar eficaz, equilibrar o consumo de bebida alcoólica e água e até estar atento ao níveis de umidade relativa do ar. 

Se expor ao sol em excesso pode provocar insolação e, consequentemente, desidratar órgãos vitais, como o cérebro, podendo agravar a situação para estado de coma ou até morte. Para evitar tudo isso é importante usar protetores solares compatíveis com a sua pele, e caso você tenha alguma particularidade, como não gostar da textura ou do cheiro dos protetores solares disponíveis, sempre é possível optar por uma versão manipulada.

>> Dicas para escolher o protetor solar mais adequado para você:

Aliar o consumo de água com água de coco também pode ajudar bastante. Além de repor líquidos, a água de coco ajuda a recuperar os sais minerais que o seu corpo consumiu no calor. Em dias mais secos perdemos água para o ambiente mesmo sem suar, e isso ajuda a mascarar os perigos que corremos, porque nos sentimos sempre secos. 

É importante não abusar no consumo de bebida alcoólica ou intercalar com o consumo de água, mas nesse caso os isotônicos são ideais. O isotônico possui sais minerais e nutrientes específicos e que ajudam no funcionamento dos órgãos, como o fígado e os rins. Seu consumo precisa ser associado à ingestão de proteínas e carboidratos. Pode mandar ver naquela sopa no fim da sua maratona carnavalesca. A ciência garante que com essa combinação você não terá ressaca no dia seguinte.

 

Dicas de carnaval confortável: quais são as roupas ideais?

O Carnaval é uma festa cheia de cor e glitter, então pode relaxar que não tem dress code. Há quem goste de ousar em fantasias, mas há também quem só queira estar confortável na folia. Para ambos, há tipos de tecidos ideais e que tornam tudo mais alegre. Acessórios também podem ajudar, principalmente se estiver fazendo aquele sol de 40ºC. 

Uma das Dicas de Carnaval é usar roupas de tecidos como algodão. A imagem mostra uma composição em que duas meninas vestidas com roupas confortáveis usam peruca e se abraçam felizes.

Se você não é do tipo que gosta de usar fantasias, prefira roupas com tecidos de origem natural como o algodão, o tencel e o linho. Eles são os ideais para deixar você e a sua pele respirar, pois são confortáveis, flexíveis, duráveis e resistentes. Algumas variações originadas a partir deles costumam ser mais caras, mas continuam a manter a característica de serem tecidos respiráveis. 

O tricoline é outra opção, assim como a viscose. 

Fuja de tecidos sintéticos, pois eles não permitem que a pele respire. Eles também acumulam bactérias que causam mau cheiro, e no calor ainda podem dar choque. Isso mesmo, eles acumulam eletricidade estática e podem fazer você dar ou levar choques leves com facilidade. Então, pode ir dizendo adeus ao poliéster e ao nylon nesse carnaval.

 

Dicas de Carnaval com segurança

O Carnaval, principalmente o de rua, é uma festa democrática e qualquer um pode participar para se divertir, mas infelizmente não são todos que participam com essa intenção. Tem quem vá só para cometer delitos e estragar a folia alheia. Mas há formas de se prevenir sem perder o estilo ou precisar ser violento com os outros.

Um das dicas de Carnaval mais importantes é estar sempre atento ao seu redor, e a imagem mostra um fundo vermelho e sobre ele um triângulo com uma exclamação dentro, simbolizando a importância de estar sempre alerta.

Para curtir a festa é preciso sempre se preocupar com os assaltos e arrastões que podem acontecer. Escolha direito o que levar e leve de uma forma que só você tenha acesso. A pochete é uma maneira segura de manter seus documentos seguros. Na sua escolha, procure os modelos com fechamento através de zíper, e que tenham costuras reforçadas.

Se você é do tipo que sabe costurar a própria roupa ou fantasia, lembre de criar um bolso pela parte de dentro para guardar os itens mais importantes. Tenha nele sempre uma quantia de dinheiro reserva para voltar para casa, caso algo aconteça. 

Saia sempre em grupo com seus amigos e não se afaste deles, isso ajuda a prevenir assédios. Evite usar copos muito grandes, a abertura pode facilitar o trabalho de pessoas que tentem drogar você. O ideal é ir para a folia com a sua garrafinha, e se possível alça presa sempre no seu pulso. 

Infelizmente, nem todo mundo aprendeu a respeitar o próximo, principalmente se for mulher ou tiver uma orientação sexual homoafetiva. No Carnaval os registros de assédio, homofobia, racismo e violência contra menores disparam, mas saiba que é possível buscar ajuda caso algo aconteça com você. 

Se ligar para o 180, a Central de Atendimento à Mulheres terá atendentes prontas para orientar como proceder em caso de assédio, estupro ou qualquer situação desconfortável. Ao discar 100, você entra em contato com a central dos Direitos Humanos, onde obtém ajuda para casos de homofobia e racismo, ou tem orientação para denunciar qualquer tipo de violência. Não esqueça nunca que “não” é não mesmo, e ainda ajuda a preservar a sua saúde e a do próximo.

Se o seu ano só começa depois do Carnaval, então pode pode ter certeza que o seu vai começar cheio de saúde depois dessas dicas. E relembrando: não esqueça do protetor solar, mesmo que esteja nublado, pois a insolação pode trazer danos irreversíveis ao seu corpo. 

Fique ciente dos sintomas da insolação: